quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Citação...

"E de novo acredito que nada do que é importante se perde verdadeiramente. Apenas nos iludimos, julgando ser donos das coisas, dos instantes e dos outros.
Comigo caminham todos os mortos que amei, todos os amigos que se afastaram, todos os dias felizes que se apagaram. Não perdi nada, apenas a ilusão de que tudo podia ser meu para sempre."

Miguel Sousa Tavares

5 comentários:

BoDy anD SouL disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Antonio disse...

Lembras da cançao ?!

Amigo...
Aqueles que ficaram
(Em toda a parte todo o mundo tem)
Em sonhos me visitaram....

http://www.actionext.com/names_z/zeca_afonso_lyrics/traz_outro_amigo_tambem.html



Natal Fantástico !!!!

BoDy anD SouL disse...

Pesso desculpa Manuela de ter retirado o que escrevi, mas vou voltar a escrever, havia algo que nao gostei, as vezes escrevo coisas sem pensar.

Tambem quero agradecer ao Antonio por partilhar esse site.

Eu queria dizer que penso saber o que a Manuela se refere, eu tenho este tipo de esperiencias, talvez a fisica quntum possa esplicar este fenomeno.Eu ja tive algumas esperiencias muito fortes, onde mantive conversas mentais com pessoas e depois falei ao falamos ao telefone e a conversa era precisammente o que tinha contecido dentro do meu pensamento, uma destas conversas a pessoa estav em outro pai muito distante, dai penso que tambem podemos comunicar com quem ja partiu, O espirito e energia e se move noutra dimensao, com isto espero que nao paressa estar a falar de espiritismo, acredito que todos temos dons que nao onhecemos, a maioria das pessoas talvez nunca saibao que teem estas esperiencias, mesmo tendo-as. E algo que me fascina esta habilidade, e penso que se acentua com a idade, especialmente nas mulheres. Dai a Manuela falar disso agora e nao aos 20 anos de idade(imagino eu).
Bom fim de semana e boa prepaacao para o Natal.

BoDy anD SouL disse...

Sempre dou erros, desculpem, mais meia duzia deles.
Beijinho

Joaquim Chaves disse...

As memórias dos momentos bons, importantes, passam a fazer parte da nossa personalidade. Iludimo-nos quando nos desiludimos com uma amizade, ou a perdemos para sempre, se pensávamos que bastava querer muito uma coisa.
Não somos nós que torcemos o destino nem me interessa (com o devido respeito) saber se é a física quântica, os signos ou um Deus.
A vida é para ser vivida, as recordações boas para adocicar o coração. Assim de facto, os dias felizes nunca se apagam e nada se perde, tudo fará parte do nosso EU. O importante é o futuro, mesmo com um peso do passado.

Joaquim Chaves