sexta-feira, 21 de abril de 2017

Chegou finalmente a vez do 5ºA!...


Das atividades da Semana da Leitura previstas para as turmas de 5º ano da escola Anselmo de Andrade, faltava o reencontro do Ler a meias com o 5º A.
Aconteceu hoje, dia em que fomos à biblioteca "LER p'ra SER e por PRAZER", festejando igualmente o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor (23 de abril).

Os meninos escutaram com emoção o álbum Eu espero.
Observaram, atentos, um livro pop-up, vendo crescer um "pássaro singular" (e engraçado)...
E veio a propósito o poema A cabeça no ar.

Abordámos a temática dos direitos do autor, do plágio, da necessidade de indicar bibliografia e webgrafia. E concordaram ser injusto haver quem se aproprie do trabalho de outrem como se fosse seu.
Ciência ou Arte: o que é mais importante? José Fanha deu um bom contributo para esta discussão: as histórias são Máquinas de passar por dentro...



Finalmente, foi o momento de os alunos terem na sua mão um livro de poesia (da biblioteca), para escolherem e decorarem um verso, cada um, e dizerem-no alto e bom som, cada qual na sua vez.
(Obrigada à professora Vanda Cândido que registou e leu tudo no fim, divertindo-nos a todos!)
Ora leiam. Não concordam?!...


Cadáver esquisito

"Basta imaginar"
"E lá se foi Portugal."
"Q é o Quim / que meteu a mão no pudim"
"Fiz uma casinha"
"Dei meia volta"
"Sobe que sobe/ sobe a calçada"
"O meu tesouro é um livro"
"Algo que se via a brilhar"
"Não foge se ela se demorar"
"Nas frescas águas do rio"
"A velha e as rugas"
"Em busca de um novo dia"
"Onde vais que não me levas?"
"De manhã bem cedo"
"As coisas melhores são feitas no ar"
"A Terra perde a vida"
"Era um castelo, era um novelo."
"A palavra solidão faz-me companhia."

Autoria: 5º A (com versos dos nossos poetas)


Bibliografia:
Davide Cali e Serge Bloch, Eu espero, bruaá
José Fanha, Era uma vez eu, 20|20 editora
Manuel António Pina, O pássaro da cabeça e mais versos para crianças, Porto Editora
Philippe Ug, Drôle d'oiseau, Les grandes personnes
E... títulos da coleção da biblioteca escolar



sexta-feira, 7 de abril de 2017

Em abril, a Liberdade...

Dia de regresso aos SSAP...
Muita gente conhecida, alguns de novo... Uma breve apresentação e começou a sessão. Com uma adivinha. (O trabalho artesanal de Bru Junça, com os seus livros de tecido, foi elogiado - por quem sabe dar valor àquele labor.)
A pedido da Conceição, eu preparara, de novo, o conto Apesar de tudo. E (re)contei-o. (Ainda hesitei, pois a Conceição esteve ausente...). Fiz bem: Ilse Losa emocionou!
Para desanuviar..., poemas de Eugénio de Andrade (dos que ele escreveu para o neto Miguel): Não quero, não! e outros.
Onde estávamos no 25 de abril?... Desfiámos memórias de vida. Falámos desse momento da História de Portugal. Opinámos. E vimos, de seguida, um livro de fotografia e poesia. Evocámos Eduardo Gageiro, um fotógrafo português de renome.
Por fim, O conto da ilha desconhecida, de Saramago, pleno de imaginação e de ironia, encantou e divertiu... Derrubou preconceitos. Fez despertar vontade de ler...
A "plateia" foi participativa, calorosa... fantástica.
Também eu agradeço os bons momentos que passámos juntos.
Páscoa feliz!


Bibliografia:
Bru Junça, ?, Conto por ponto
Eduardo Gageiro, 30 anos de esperanças, 25 de abril - 1974-2004, Câmara Municipal de Loures e Museu Municipal de Loures
Eugénio de Andrade, Aquela nuvem e outras, Edições ASA
Ilse Losa, A minha melhor história, Editora Nova Crítica
José Saramago, O conto da ilha desconhecida, Caminho


Sessão anterior, AQUI.