sexta-feira, 7 de abril de 2017

Em abril, a Liberdade...

Dia de regresso aos SSAP...
Muita gente conhecida, alguns de novo... Uma breve apresentação e começou a sessão. Com uma adivinha. (O trabalho artesanal de Bru Junça, com os seus livros de tecido, foi elogiado - por quem sabe dar valor àquele labor.)
A pedido da Conceição, eu preparara, de novo, o conto Apesar de tudo. E (re)contei-o. (Ainda hesitei, pois a Conceição esteve ausente...). Fiz bem: Ilse Losa emocionou!
Para desanuviar..., poemas de Eugénio de Andrade (dos que ele escreveu para o neto Miguel): Não quero, não! e outros.
Onde estávamos no 25 de abril?... Desfiámos memórias de vida. Falámos desse momento da História de Portugal. Opinámos. E vimos, de seguida, um livro de fotografia e poesia. Evocámos Eduardo Gageiro, um fotógrafo português de renome.
Por fim, O conto da ilha desconhecida, de Saramago, pleno de imaginação e de ironia, encantou e divertiu... Derrubou preconceitos. Fez despertar vontade de ler...
A "plateia" foi participativa, calorosa... fantástica.
Também eu agradeço os bons momentos que passámos juntos.
Páscoa feliz!


Bibliografia:
Bru Junça, ?, Conto por ponto
Eduardo Gageiro, 30 anos de esperanças, 25 de abril - 1974-2004, Câmara Municipal de Loures e Museu Municipal de Loures
Eugénio de Andrade, Aquela nuvem e outras, Edições ASA
Ilse Losa, A minha melhor história, Editora Nova Crítica
José Saramago, O conto da ilha desconhecida, Caminho


Sessão anterior, AQUI.

Sem comentários: