sábado, 19 de março de 2016

P - de Pai, de Primavera, de Poesia..., de Páscoa...

P de Presente. Para Ler a meias..., de braço dado com muitos escritores de língua portuguesa.
Na biblioteca escolar da EB Feliciano Oleiro; na presença dos alunos do 4º A e 4º B.

Turma da professora Lídia

Turma do professor Mário
P de Pai - com José Fanha e os seus diários de menino crescido, onde encontramos tão presente o seu pai ausente...;

P de Poesia - com Fernando Pessoa, pois claro! Pessoa na companhia de muitos outros grandes poetas de hoje e de ontem:

  • Cecília Meireles; 
  • Luísa Ducla Soares, 
  • Teresa Guedes, 
  • (E mais...)

Lá fora, chovia!
Primavera? Sim, chegou de mansinho dentro da poesia. Nuvens, vento, sol e arco-íris..., pássaros e outros animais soltaram-se das palavras dos poetas...
Por detrás, esteve sempre presente a Declaração dos Direitos do Homem, Animais e Plantas (proposta por Alain Hervé, no seu livro Obrigado, Terra).

E todos, todos os meninos leram a meias: livros e  páginas soltas que se libertaram da caixinha da primavera, até que o tempo se esgotou.



 Anedotas também... Acham que não?

Férias à vista!...
Bem oportunos, soaram os votos da estação...:
- P de Páscoa!...




Bibliografia:
Cecília Meireles, Ou isto ou aquilo, Editora Nova Fronteira
José António Gomes (org), Poesia de Fernando Pessoa para todos, Porto Editora
José Fanha, Diário inventado de um menino já crescido, Gailivro
José Fanha, Era uma vez eu, Booksmile, 20|20 editora 
Luísa Ducla Soares, A cavalo no tempo, Civilização
Luísa Ducla Soares, A gata Tareca e outros poemas levados da breca, Teorema
Teresa Guedes, Real... mente, Caminho




segunda-feira, 14 de março de 2016

Chegou o "navio azul"!

O navio azul encheu-se (literalmente) de crianças, risos, flores, pássaros, espigas... e o cais ficou apinhado de gente, à espera... Uma alegria!...
Foi também uma alegria ter acabado o trabalho a tempo e horas.
(Já seguiu para uma exposição, na Escola de Cacilhas.)
Portanto, para rematar, foi dia de ensaiar a leitura do poema. Todos juntos. Definindo, de uma vez por todas, quem diz o quê. E como irá dizer.
Um trabalho de equipa, a meias com a professora Margarida Pinho, com as ideias e o empenhamento de todos.
O navio azul chegou a bom porto.
Foi um prazer poder colaborar...
3ºA
Aqui: o blogue da escola.


segunda-feira, 7 de março de 2016

A propósito de ilustração e da Ilustrarte...

No 4º A, ultimam-se trabalhos para duas exposições e tudo tem de ficar pronto este período.
As professoras Margarida Pinho e Sara Cacela não tinham mãos a medir.
Por enquanto, é segredo!... Por isso é que os repórteres do dia não falaram do assunto...
Vejam o relatório que eles escreveram: só, só, só sobre o Ler a meias...


A professora Manuela Caeiro falou da Ilustrarte de 2016.
Lemos um livro ilustrado por Violeta Lopíz, intitulado «Amigos do peito». Vários colegas deram as suas opiniões e a professora leu e mostrou as imagens.
Todos  tentavam descobrir as casas das personagens, em que lugares andavam, e encontrar palavras do texto que rimavam.
A escritora homenageada pela Ilustrarte foi Alice Vieira.
A Inês Henriques leu informações sobre a autora Alice Vieira que estavam expostas na biblioteca. Também procurámos livros da autora na estante e relembrámos como os procurar, pela cota e apelido.
Por fim, lemos o poema «Jogo» de Nuno Júdice, do livro «O meu primeiro álbum de poesia», 
de Alice Vieira. Dois  voluntários  leram muito bem.

Reportagem: Francisco Moreira e Inês Teixeira  

Foi assim, tal e qual.
E agora, espreitem...: chiu, chiu..., é segredo!...


Bibliografia:
Alice Vieira (org), O meu primeiro álbum de poesia, Dom Quixote
Cláudio Thebas / Violeta Lópiz, Amigos do peito, bruaá editora


"Sou um povo todo à espera/ do navio azul"

O 3º A continuou o seu projeto, prosseguindo o trabalho da semana passada:

  • um grupo a ler, a decorar versos e a dizer o poema...; 
  • outro a modelar plasticina, a criar personagens, a pintar...; 
  • dois repórteres da turma, na sua vez, a fotografar e registar o relatório da sessão.

Tudo sobre rodas... aliás, tudo navegando rio acima ou rio abaixo...
Na mesa de modelagem, nasciam flores, pássaros, meninos-navegantes e gente para os ir esperar ao cais...


Entretanto, o Ler a meias emprestou livros para leitura recreativa, a pares. Livros que circularam de mão em mão.
E os repórteres levaram a cabo a sua missão.
Provas superadas!!!
Tem mesmo de ser assim. Sabiam que o 2º período está a chegar ao fim?...

(Os livros: Amigos do peito; Adoro chocolate; O primeiro álbum de poesia; Versos diversos para meninos travessos; Palavras de cristal...)

BiblioAlma, o blogue da escola...